HORROR: menina de nove anos foi violentada e esta grávida


Um caso polêmico de gravidez na infância foi descoberto na cidada de Alagoinha, no Agreste do estado. Uma menina de apenas nove anos está grávida de quase quatro meses e de gêmeos. O pai seria o padrasto, um rapaz de 23 anos, que há três vivia com a mãe da garota e que foi preso ontem à noite. A população da cidade tentou linchá-lo. A história de agonia e ameaça vivida pela criança veio à tona na manhã da última quarta-feira. Após se queixar de enjoos, tonturas e fortes dores de cabeça, a menina foi levada pela mãe até a Casa de Saúde São José, em Pesqueira. O médico de plantão, um ginecologista, desconfiou da gravidez, confirmada por meio de ultrassonografia. Depois disso, a menina revelou que vinha sendo obrigada a fazer sexo com o padrasto há três anos e que nunca contou o que acontecia quando a mãe saía de casa porque era ameaçada de morte. A criança deverá ser examinada hoje pela equipe do Instituto Materno Infantil de Pernambuco, no Recife. Em casos como este, quando a vítima foi estuprada e corre risco de morte, a lei permite que seja realizado o aborto. O Ministério Público já foi acionado. Há suspeitas de que o suspeito também tenha abusado da irmã mais velha da menina grávida. Ela é portadora de deficiência e tem 14 anos. As duas serão submetidas hoje a exame sexológico no IML, também no Recife. A menina alegou que nunca revelou os abusos porque temia ser morta pelo agressor. "Ele dizia que ia cortar meu pescoço com a foice e matar minha mãe", falou para os conselheiros tutelares. A criança disse que o padrasto costumava lhe dar R$ 1. A mãe da criança, por sua vez, declarou nunca ter desconfiado de nada. Para ela, o marido era apenas um homem cuidadoso com as filhas. "Eu confiava demais nele. Quero que ele pague pelo que fez e seja preso", disse. Segundo o conselheiro tutelar do município Cláudio Roberto Lima Melo, a criança não tem sequer noção da gravidez. "Ela não tem consciência do seu estado. Estamos muito preocupados com a saúde dela porque ela tem baixa estatura e é muito miúda", disse. Segundo ele, o pai da menina, que é separado, está revoltado e culpa a ex-mulher pelo abuso. O casal se separou há pouco mais de três anos, depois que a mulher conheceu o atual companheiro. O padrasto estava desempregado e fazia bicos. O delegado de Alagoinha, Antônio Dutra, já pediu a prisão temporária do padrasto e deve indiciá-lo por crime de estupro, pedofilia e aliciamento de menor. De acordo com o Código Penal Brasileiro, ele poderá pegar mais de 15 anos de prisão em regime fechado.

Diario de Pernambuco

Homem dá oito facadas na mulher e depois se mata


Na manhã desta sexta-feira (27), moradores do bairro Santo Antônio, em Timon/MA, município da grande Teresina, viveram momentos de tensão com um crime bárbaro. Após desferir oito facadas contra a mulher com quem convivia, José Fabrício Duquesa da Silva, 20 anos, cometeu suicídio dentro de casa, por volta de 10h. A vítima, Francisca Maria da Silva Souza, 18 anos, está internada em observação. Vizinhos afirmaram para a polícia que os dois teriam travado intensa discussão em casa, quando José desferiu oito facadas contra Francisca. Imaginando que ela estivesse morta, ele se trancou no seu quarto e se enforcou. Enquanto isso, a vítima saiu pela rua e gritou por socorro, sendo acudida pelos vizinhos de imediato. De acordo com o delegado Michel Sampaio, do 1º Distrito Policial de Timon, as polícias Civil e Militar foram acionadas e encontraram José sem vida. Seu corpo foi levado para o Instituto Médico Legal da cidade. Francisca Maria foi socorrida por equipe médica e sofreu várias lesões por todo o corpo.

Da Redaçãoredacao@cidadeverde.com

Corpo de brasileira assassinada é encontrado em rio na Espanha


O corpo de uma brasileira de 26 anos foi encontrado nesta quinta-feira (26) no reservatório de Cabanelas - a jovem era procurada nas águas do rio Avia, em Ourense, na Espanha. A Guarda Civil espanhola buscava o corpo desde que um homem confessou ter matado a mulher e jogado o corpo na água. A brasileira, cujo nome não foi divulgado, morava no bairro Couto, em Ourense. O jovem que confessou o crime foi detido em Albarellos, para onde os agentes da Guarda Civil foram quando receberam uma ligação de uma mulher dizendo que o rapaz iria se suicidar. O homem estava se preparando para pular no reservatório quando foi impedido pelos policiais. O desaparecimento da brasileira havia sido denunciado no dia 10 de fevereiro.

Fonte: Correio 24 Horas

Padre é condenado a 13 anos por pedofilia em Rio Grande


O padre Cláudio Dias Costa, preso em fevereiro do ano passado em flagrante, acusado de manter relações sexuais com uma menina de nove anos, foi condenado pelo juiz da 3ª Vara Criminal de Rio Grande, Leonardo Sasso, a 13 anos e quatro meses de prisão. O julgamento ocorreu no dia 20 de fevereiro. Há um ano, o padre estava isolado em uma cela da Penitenciária de Rio Grande. Com a condenação, ele foi transferido para ala dos trabalhadores e deve cumprir a pena em regime fechado. A defesa do padre já entrou com recurso. O bispo de Rio Grande, dom José Mário Stroher, diz que Costa continua sendo padre e apenas foi suspenso assim que foi preso. Depois que cumprir a pena, ele vai passar por um tratamento médico e psicológico e será avaliado se deve ou não continuar exercendo a função de religioso.

Fonte: Zero Hora

FBI liberta 48 menores de rede de prostituição


Autoridades americanas libertaram 48 menores que eram explorados em uma rede de prostituição infantil nos Estados Unidos, após três dias de batidas policiais, revelou o FBI nesta segunda-feira. Segundo a polícia federal americana, os agentes detiveram 571 pessoas por tráfico de crianças para prostituição. "Seguimos perseguindo os que exploram os filhos de nossa nação", disse o diretor do FBI, Robert Mueller. "Talvez não possamos devolver sua inocência, mas podemos tirar estas crianças destes círculos de abuso e violência". A operação foi realizada em 29 cidades do território americano, com a participação das agências regionais do FBI e das polícias locais. A ação foi resultado de uma iniciativa que começou em 2003, reunindo forças federais, polícias locais, promotores e órgãos de assistência social. Desde então, as autoridades conseguiram retirar 670 menores das redes de prostituição, segundo o FBI.

Fonte: AFP

Jovem assassinada em hotel


Uma jovem de 25 anos foi encontrada morta, por volta das 5h30 desta terça-feira (24), num quarto do segundo andar de um hotel na Vila Buarque, região central da cidade de São Paulo. A polícia foi acionada por hóspedes, que afirmaram ter ouvido muito barulho e alguns gritos vindos do apartamento. Ao entrarem no quarto, encontraram a jovem caída e morta, em princípio sem marca de agressão física.Um rapaz de 34 anos também estava caído. Com ele foi encontrado um pó branco. Levado à delegacia, o rapaz se negou a relatar o que ocorreu no hotel.

Fonte: JC Online

Polícia tenta identificar mulher morta a tiros e facadas


Permanecia sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) de Cascavel, na tarde de ontem (25), o corpo da mulher encontrado na segunda-feira (23), no final da estrada Rios, a cerca de dez quilômetros da cidade de Terra Roxa. Segundo o servidor Tony, do IML de Toledo, trata-se de uma mulher com cerca de 1,65 metro, 60 quilos, dentes naturais, cabelos médios escuros, que tem entre 20 e 30 anos, e estava vestida com calça jeans capri e blusa clara. “Ela tem três perfurações de tiro na cabeça, ombro e costas. Também tem cerca de dez ferimentos de arma branca no abdômen, tórax e costas”, informou Tony à reportagem de O Presente. A mulher aparentemente tem um pé torto. Na manhã de ontem a Polícia Civil de Terra Roxa ainda não tinha informações que pudessem levar à identificação do corpo.

Fonte: Jornal Umuarama

Permanecia sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) de Cascavel, na tarde de ontem (25), o corpo da mulher encontrado na segunda-feira (23), no final da estrada Rios, a cerca de dez quilômetros da cidade de Terra Roxa. Segundo o servidor Tony, do IML de Toledo, trata-se de uma mulher com cerca de 1,65 metro, 60 quilos, dentes naturais, cabelos médios escuros, que tem entre 20 e 30 anos, e estava vestida com calça jeans capri e blusa clara. “Ela tem três perfurações de tiro na cabeça, ombro e costas. Também tem cerca de dez ferimentos de arma branca no abdômen, tórax e costas”, informou Tony à reportagem de O Presente. A mulher aparentemente tem um pé torto. Na manhã de ontem a Polícia Civil de Terra Roxa ainda não tinha informações que pudessem levar à identificação do corpo.


Fonte: Jornal Umuarama

Homem de 75 anos é preso por abusar de criança


O aposentado Edmilson Lopes da Silva, de 75 anos, escapou de ser linchado por moradores deste município, na tarde da última segunda-feira (23), após ser descoberto que o mesmo abusou de uma criança de apenas quatro anos.O homem foi preso pelos inspetores Marcos Caetano, Ednardo e Hélio, que estavam de plantão em Cascavel. O aposentado confessou o crime e foi levado para a delegacia e autuado em flagrante pelo delegado José Barbosa Filho.A mãe da criança costumava deixar os filhos sob os cuidados do aposentado, até que na tarde de segunda-feira, descobriu que ele estava abusando sexualmente de sua filha.

Fonte: Diario do Nordeste

Fortaleza: mulher assassinada pelo ex-companheiro


Na Região metropolitana de Fortaleza, a violência contra a mulher marcou o último Carnaval. Maria Aldenora Pinheiro Silva, 40 anos, foi encontrada morta, seminua, com uma pancada na cabeça. O ex-marido, Francisco Cássio Inácio de Carvalho foi preso em flagrante, também seminu, ao lado da vítima.Segundo a Polícia, os dois estavam separados há poucos dias e ele não se conformava com o fim do casamento. Segundo testemunhas, por esta razão, Francisco Cássio continuava à procura de Maria Aldenora. Vizinhos contaram à Polícia que o ex-marido da vítima era violento e que o casal já tivera outras discussões marcadas pela violência. Na noite do crime, ele chamou a ex-mulher para beber. Mais tarde, vizinhos ouviram gritos e muito barulho. Chamaram a Polícia, que encontrou Maria Aldenora já sem vida. A causa da morte só foi confirmada após exame de peritos do Instituto de Criminalística ao local. Segundo a perita Sônia Silva, a morte foi causada por uma pancada na cabeça.

Fonte: Diario do Nordeste

Menina neozelandesa de 3 anos foi violentada e brutalmente assassinada na Bahia


Uma garotinha neozelandesa de três anos e onze meses foi violentada e brutalmente assassinada em um condomínio de luxo de Trancoso, no município de Porto Seguro. Cloé Muratori Paroti, informa a Delegacia de Proteção ao Turista, foi submetida a todas as formas possíveis de abuso sexual e, após ser asfixiada, foi jogada ainda com vida no Rio da Barra. A delegada Teronite Bezerra disse que o autor do homicídio qualificado, com requintes de crueldade, já está preso. Trata-se de Luzinê Araújo Santos, 25 anos, funcionário do condomínio, que confessou o crime e já teve a prisão preventiva decretada pela justiça.

Fonte: Jornalradar.com

FBI liberta 48 menores de rede de prostituição


Autoridades americanas libertaram 48 menores que eram explorados em uma rede de prostituição infantil nos Estados Unidos, após três dias de batidas policiais, revelou o FBI nesta segunda-feira. Segundo a polícia federal americana, os agentes detiveram 571 pessoas por tráfico de crianças para prostituição. "Seguimos perseguindo os que exploram os filhos de nossa nação", disse o diretor do FBI, Robert Mueller. "Talvez não possamos devolver sua inocência, mas podemos tirar estas crianças destes círculos de abuso e violência". A operação foi realizada em 29 cidades do território americano, com a participação das agências regionais do FBI e das polícias locais. A ação foi resultado de uma iniciativa que começou em 2003, reunindo forças federais, polícias locais, promotores e órgãos de assistência social. Desde então, as autoridades conseguiram retirar 670 menores das redes de prostituição, segundo o FBI.

Fonte: AFP Paris

Campanha de combate à violência contra a mulher no Carnaval

“No Carnaval, nenhuma mulher quer ser saco de pancada”. E se depender da campanha feita pelo Conselho Municipal da Mulher não será mesmo. Durante todos os dias da folia, dezenas de conselheiros e voluntários estarão desfilando em todos os circuitos, distribuindo material informativo sobre como proceder em caso de violência contra a mulher, dentro e fora da festa.Estima-se que, a cada 15 segundos, uma mulher é vítima de violência no país e somente 10% delas denunciam os maus tratos e as agressões. As causas são variadas, mas o alcoolismo é a campeã. E por isso, durante o Carnaval, quando as pessoas de modo geral bebem mais, todas as instituições que atuam em defesa da mulher se unem na organização de campanhas de conscientização.Em Salvador, onde o número de agressões contra a mulher é grande, toda mulher que sofrer agressão pode ligar para o número 180 e denunciar. As autoridades estão atentas ao cumprimento da Lei 11.340/06, a Lei Maria da Penha. Se a agressão acontecer nos circuitos do Carnaval, a mulher pode procurar também o Portal instalado no circuito Barra/Ondina para uma ação mais rápida e eficiente.

Fonte: Jornal da Midia

Padrasto é suspeito de violentar e matar enteada de 3 anos

A polícia investiga a morte de uma enteada de 3 anos na Zona Sul de São Paulo. A criança morreu na terça-feira (17), por volta das 11h, após dar entrada no Hospital Dr. Arthur Ribeiro Saboya, em Americanópolis, com parada cardiorrespiratória e sinais de agressão. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, a madrinha da garota, uma cobradora de 36 anos, contou que a menina estava na casa dela na noite da segunda-feira (16) quando o padrasto, um homem de 23 anos, e a mãe foram buscá-la, por volta das 22h, e levá-la para casa onde morava. Na manhã seguinte, a menina foi encaminhada ao hospital com parada cardiorrespiratória, hematomas no pescoço, abdome, ombro direito e ferimentos nas partes íntimas. Após receber os primeiros socorros, ela morreu. A polícia investiga o padrasto da criança. O caso está sendo investigado pela 27ª Vara Criminal de São Paulo. Foi requisitada perícia para casa do suspeito e exames junto ao Instituto Médico-Legal e Instituto de Criminalística. O boletim de ocorrência foi registrado como estupro, atentado violento ao pudor e homicídio qualificado.

Fonte: G1

Menino de 11 anos matou a namorada grávida do pai


Um rapaz de 11 anos matou a namorada do pai com um tiro na nuca enquanto esta dormia, numa quinta no oeste da Pensilvânia, nos EUA. Depois de assassinar a mulher, que estava grávida, foi para a escola como era habitual, informou a polícia. O rapaz foi acusado como adulto e com revelação de identidade por parte da polícia, pela morte de Kenzie Marie Houk, de 26 anos, grávida de oito meses e pelo homicídio de criança não nascida. Familiares de Kenzie Marie disseram à AP que esta tinha problemas de relacionamento com o rapaz. "Era um problema de ciúmes", disse Jason Kraner, de 34 anos, cunhado de Kenzie Marie. "Ele tinha de fato dito ao meu filho que queria fazer o que fez." Foi a filha de Kensie Marie, de quatro anos, que descobriu o corpo. O rapaz foi detido na escola e mantido sob prisão na cadeia do Condado de Lawrence, devendo ser ouvido na próxima quinta-feira, disse a polícia de Wampum.

Fonte: Jornal de Noticias

Lavrador estupra e mata menina de seis anos


Num clima de tristeza e revolta, foi sepultado na tarde deste domingo, em Frutal, cidade de 50 mil habitantes, no Triângulo Mineiro, a 620 quilômetros de Belo Horizonte, o corpo da menina Letícia Lima dos Santos, de 6 anos, estuprada e morta pelo cortador de cana José Edilson Marques da Costa, de 26 anos. A criança foi morta com duas facadas e encontrada com uma faca cravada no coração. Antes de ser assassinada, ela foi torturada e violentada. O calvário da garota começou na manhã de sábado, por volta das 10h, quando os pais deram por sua falta, no Bairro Vila Esperança. Letícia saiu para brincar na casa de uma amiga, mas não chegou lá. Duas horas depois, parentes, amigos, a Polícia Militar e os bombeiros começaram uma busca pela cidade e pelas matas da região. Uma mulher da cidade – que tinha acabado de saber do desaparecimento – procurou a polícia e disse que viu Letícia, de manhã, no colo de José Edilson. Segundo a testemunha, a menina chorava, mas se calou quando ela perguntou se estava tudo bem. O lavrador, que é conhecido da família da garotinha, chegou até a ajudar os bombeiros e policiais nas buscas. Localizado pela PM às 4h da madrugada de ontem, ele confessou o crime e levou os policiais até o local onde estava o corpo, uma casa abandonada. A criança foi encontrada no banheiro, em meio a uma enorme poça de sangue. Para completar o quadro de crueldade, o corpo apresentava sinais de violência sexual. José Edilson disse inicialmente aos policiais que o crime foi cometido em parceria com um menor, de 17 anos, também lavrador, que, detido, negou sua participação. José Edilson acabou confessando que praticou o crime sozinho.

Fonte: Uai

Bloco da Camisinha no Carnaval de Salvador


Fruto de uma parceria consolidada entre profissionais e gestores da saúde das esferas federal, estadual e municipal para a divulgação da prevenção contra as DST e a Aids durante o Carnaval, o Bloco da Camisinha foi novamente uma das atrações da folia em Salvador, no sábado em Barra-Ondina. O bloco teve uma nova cantora, Amanda Santiago, que fez sua apresentação com uma música criada especialmente para marcar sua participação. A cantora Simone Sampaio e o Rei Momo Gerônimo também compareceram. Em uma apresentação prévia na Fiocruz, elas improvisaram e cantaram acompanhadas de 15 jovens do projeto Plataforma de Solidariedade do Grupo de Apoio à Prevenção à Aids (Gapa), que encenaram uma peça sobre a necessidade de conscientização quanto à Aids. O evento de apresentação do Bloco da Camisinha indicou o quanto prevenção e informação são necessárias no Carnaval. A coordenadora do programa estadual de DST/Aids, Maricélia Macedo, destacou que cerca de 33,2 milhões de pessoas no mundo estão infectadas pelo HIV, sendo que, somente em 2007, ocorreram 2,5 milhões de novos casos. No Brasil, este número é de 33.689. A doença causou a morte de 205.409 pessoas no país no período de 1980 a 2008. A Bahia registrou, de 1984 a 2008, 10.250. Salvador é responsável por 51,5% do total, com 5.280 casos notificados. “A conscientização é a melhor forma de preservar a vida e a saúde", disse a coordenadora, ao apontar que o estado distribuirá folhetos e preservativos nos circuitos. Somente no Carnaval de Salvador serão 470 mil preservativos.

Fonte: Agencia de Noticias

“Beijo roubado” pode terminar em cadeia durante o carnaval pernambucano

Os afobadihos que se cuidem, pois crimes de menor potencial ofensivo, como brigas, furtos e conduta inconveniente serão combatidos e podem terminar em cadeia durante o carnaval de Pernambuco pela “Justiça do Folião”. O Ministério Público, em parceria com o Tribunal de Justiça e a Defensoria Pública do Recife, realizam plantão durante o feriadão para julgar quem for flagrado cometendo esses tipos de atos de infração. A “Justiça do Folião” vai fiscalizar principalmente a passagem dos blocos. Quatro promotores, dois juízes, defensores, advogados e servidores estarão de serviço no Fórum Thomaz de Aquino, das 10h às 21h e os julgamentos acontecem na hora.

Fonte: Tudo Agora

Grávida é assassinada em Joinville


Uma moça grávida de quatro meses foi assassinada e o namorado está em estado grave no Hospital Municipal São José, em Joinville, após ter sido baleado perto de uma pizzaria na zona Sul da cidade. O crime ocorreu na rua Waldemiro José Borges, no bairro Itinga, por volta das 21h30min de sexta-feira.O autor dos disparos teria descido de um táxi e, por trás, disparado dois tiros na nuca de Eduardo Felipe Emilia, de 21 anos. Até às 17 horas deste sábado, ele continuava em estado grave. A garota, Suzana Soares, de 19 anos, teria se virado no momento dos tiros e foi atingida nas costelas. A bala perfurou o pulmão. Ela morreu na hora.Nenhum suspeito foi preso. O delegado Rodrigo Gusso, da Divisão de Homicídios, trabalha com a hipótese de execução. O rapaz baleado tem passagem por porte ilegal de arma. Segundo o ex-companheiro de Suzana, Rodrigo Carlos Lemos, de 20 anos, a moça namorava com Eduardo há pouco tempo.Rodrigo afirma ser o pai da criança que Suzana esperava e tem outro filho com ela, de um ano e sete meses.

Fonte: Diario Catarinense

Xenofobia e Chauvinismo


Não há alternativas. De qualquer ângulo que se veja e se examine o caso da brasileira na Suíça, há uma única conclusão: a grande vítima em todo o incidente foi a Paula Oliveira. Independentemente de ser verídica a sua versão, ou se a polícia e o Ministério Público daquele país estiverem certos quanto ao que dizem, Paula vai ficar com um trauma que, muito dificilmente, poderá ser superado. Na hipótese em que ela consiga comprovar que, efetivamente, estava grávida de gêmeas, como diz, bem como que foi atacada por criminosos intolerantes, as marcas – tanto no corpo como na alma – são permanentes e cruéis. Sem falar nas conseqüências na área legal, inclusive com a punição que lhe venha a ser aplicada, ficará evidente que houve um incidente psíquico, um surto de anomalia psicótica, de alguma gravidade, resultando em delírio e alucinações exigindo tratamento adequado. A jovem, que tem o título de bacharel em direito e tinha um bom emprego em uma multinacional, certamente ficará em uma posição insustentável. Será um abalo em uma atividade que se mostrava promissora. Mais grave, ainda, será a sua situação se a ação penal já iniciada terminar com uma condenação. Independentemente disso, há um aspecto a considerar: a repercussão que o caso alcançou no Brasil. A imprensa brasileira, foi irresponsável quanto à divulgação dos fatos. Faltou observar um verbete, checar, absolutamente essencial, em qualquer manual de jornalismo. Foi feito um escândalo, uma notícia bombástica foi divulgada, sem que as informações, como diz Weis, tivessem sido previamente checadas. Um requisito indispensável no jornalismo, é exatamente, averiguar, verificar, analisar se os indícios são aceitáveis e se a fonte merece credibilidade. Somente depois a notícia deverá ser divulgada. Nada disso foi feito e o que se viu foi um alarde exagerado, em que o mínimo que se dizia era que a brasileira teria sido vítima de uma barbárie. Pior, ainda, gratuitamente acusavam a Suíça, o seu governo e o seu povo de xenófobos, de intolerância quanto aos estrangeiros.

O mais grave é que o governo brasileiro, também sem procurar fazer quaisquer averiguações, lastreando-se, apenas, no que a mídia divulgava, não mediu palavras, exigindo satisfação do Estado suíço. Disse enfaticamente que o “bárbaro ataque à brasileira” deveria ser devidamente apurado e punidos os “neo-nazistas” apontados como autores da selvageria. O problema deveria ter ficado restrito ao nível de embaixadores, no máximo. É de tamanha gravidade a violação do direito internacional público, bem como às regras da diplomacia, que a própria comunidade brasileira em Zurique se disse envergonhada. Temerosa de represália, vem pedindo que o governo brasileiro peça desculpas ao Estado suíço. As falhas na mídia e as impróprias declarações do ministro Amorim e do presidente Lula, sem dúvida são exacerbações de dois sentimentos que, a cada dia, mais se alastram no Brasil: o chauvinismo e complexo de inferioridade. Embora possa parecer incoerência, a realidade é que os brasileiros, de modo geral, revelam complexo de inferioridade em relação aos estrangeiros e, como estratégia de superação, dão vazão ao excessivo patriotismo, chauvinismo que chega às raias do fanatismo.

Fonte: Ultima instancia

Mulher mata marido após briga


Após uma discussão, uma mulher de 44 anos matou o marido, de 40 anos, na noite de sexta-feira (20), em João Pessoa. Ele foi esfaqueado no peito e não resistiu aos ferimentos. Segundo a polícia, ela cometeu o crime após ter sido atacada pelo marido durante uma briga. Antes de matá-lo, a mulher teria sido esfaqueada na barriga. A mulher segue internada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Ela foi submetida a uma cirurgia e seu estado de saúde é estável. Ela está sob custódia da polícia.

Fonte:G1

Rihanna divulga comunicado oficial após a violencia de Chris Brown


Duas semanas após ter sido supostamente agredida por seu ex-namorado, o cantor Chris Brown, Rihanna emitiu um comunicado oficial agradecendo aos seus fãs pelo apoio dado. A cantora, que completou 21 anos nesta sexta-feira (20), falou através de um representante: "A pedido das autoridades, Rihanna não está falando sobre o incidente envolvendo Chris Brown", diz o comunicado. "Ela quer assegurar aos fãs que continua forte, está indo bem e que aprecia profundamente a efusão de apoio que recebeu durante este período difícil".Segundo o jornal britânico "The Sun", fontes afirmam que foto que mostra o rosto machucado de Rihanna foi divulgada com consentimento da cantora, que queria mostrar ao mundo as marcas da agressão após o pedido de desculpas público de Chris Brown.Uma das fontes diz: "A foto é chocante o suficiente para pressionar Chris Brown a ser mais responsável. Ele também sabe que a reação pública à essa foto poderia acabar com a carreira dele".A polícia de Los Angeles não confirmou se a foto é verídica, mas alegou que a imagem é semelhante à uma foto tirada durante uma investigação de violência doméstica.As reações dos artistas têm variado entre apoio à cantora e ódio por Chris Brown. O rapper Jay-Z chegou a ameaçar o cantor, de apenas 19 anos, em uma entrevista à revista americana Us Weekly: "Chris é um homem morto! Ele mexeu com as pessoas erradas".Rihanna se recupera em sua terra natal, a ilha de Barbados, junto a amigos e familiares.

Fonte: Terra - Diego Marques

Carnaval: campanha orienta foliões sobre contracepção emergencial


O Ministério da Saúde, em parceria com a Prefeitura e Estado, está desenvolvendo campanha sobre o uso do método contraceptivo emergencial, mais conhecido como pílula do dia seguinte. São 13 pontos de atendimento instalados nos circuitos e nos bairros onde o Carnaval é realizado, funcionando 24 horas. Mulheres interessadas em adquirir a pílula devem procurar as unidades responsáveis. Por se tratar de um método contraceptivo, o seu uso é permitido apenas após uma avaliação e prescrição autorizada pelo médico, destacou a técnica de Saúde da Mulher, Andarí Cavalcante. Quando chega ao local, o paciente recebe também quatro camisinhas e orientação sobre o uso e importância dos contraceptivos. O método contraceptivo emergencial é usado somente em casos extremos, como a relação desprotegida, na falha do preservativo e na violência sexual. A técnica destaca a campanha como de grande relevância, “pois nesse período carnavalesco os riscos são bem mais freqüentes e a probabilidade de contaminação de doenças sexualmente transmissíveis aumenta ”, relata. Cerca de 700 pílulas e um milhão de camisinhas também estão sendo entregues aos foliões até o término do Carnaval.

Fonte: Jornal da Midia

Menina de Juiz de Fora marca encontro pelo Orkut e é estuprada



A mãe de uma estudante de 16 anos relatou à PM de Juiz de Fora, que a filha foi vítima de estupro depois de marcar um encontro pela internet. A jovem, que é moradora da Zona Norte, conheceu o criminoso em um site de relacionamento. A mãe revelou que ambos combinaram de se encontrar no Parque Halfeld, no Centro, às 18h de terça-feira. A garota só retornou para casa seis horas depois.Segundo a mãe, a estudante chegou com as roupas rasgadas, arranhões pelo corpo, manchas de sangue e apresentando sonolência. A jovem foi levada por familiares para o Hospital de Pronto-Socorro, onde foi constatado o estupro. A vítima chegou a ficar internada em observação, mas foi liberada pelos médicos. De acordo com as informações repassadas à PM, o suspeito seria conhecido como Mateus, morador do município vizinho de Lima Duarte.O delegado titular da 5ª Delegacia Distrital de Juiz de Fora, Rodolfo Rolli, acredita que as informações podem ser falsas, uma vez que os criminosos virtuais, em geral, usam este artifício para cometer delitos pela rede mundial de computadores. Ainda de acordo com Rolli, a investigação terá se desdobrar em duas frentes. Uma para apurar o crime em si e a outra virtual, buscando dados que levem ao criminoso.“Teremos de quebrar o IP (protocolo de internet) do computador para descobrir de onde partiu a comunicação”, explicou o delegado. Segundo ele, o trabalho da polícia será mais difícil se o estuprador tiver usado uma conexão pública, disponível em empresas de acesso à internet, como as lan houses.

Fonte: Ricardo Beghini - Estado de Minas

Faxineira é assassinada após discussão com ex-namorado

A faxineira Regina Domingues Alberto, 39 anos, foi assassinada com uma facada no pescoço no bairro de Perus, na capital paulista, na noite desta quarta-feira, 18. Ela chegou a pular a janela do apartamento, que fica no andar térreo, para pedir ajuda, mas morreu antes de ser socorrida. O crime ocorreu no apartamento em que a faxineira morava, em um conjunto do CDHU. O pintor Jefferson Leandro Nascimento, de 30 anos, que está foragido, é o principal suspeito do crime. Ele é ex-namorado da vítima. Na hora da fuga, o pintor ainda cruzou com a filha de Regina, uma menina de onze anos, que voltava da escola.

Fonte: Estadao

Crianças soldado: a infância assassinada


No último dia 12 de fevereiro, o mundo celebrou uma data de tristes características: o dia das crianças soldado. Estima-se que existam 300 mil crianças envolvidas em conflitos armados em mais de 30 países ao redor do mundo. De acordo com o Unicef, a maioria é de adolescentes, mas existem crianças de até sete anos nessa situação. O recrutamento de crianças em guerras se dá geralmente para as linhas de batalha, mas elas são usadas também como espiões, mensageiros, escudos humanos, trabalhadores ou escravos sexuais. Afeganistão, Birmânia, Burundi, Chade, República Centro-Africana, Colômbia, República Democrática do Congo, Filipinas, Nepal, Somália, Sudão, Sri Lanka e Uganda são os. países onde mais casos se verificam de crianças recrutadas para atuar em guerras e portar armas. Em 2007, dez destes países assinaram os Compromissos de Paris, onde os países prometem combater a "impunidade" de autores de recrutamento ou utilização ilegal de menores e "investigar e perseguir" essas pessoas, opondo-se à anistia destes crimes nos acordos de paz. A libertação das crianças não deverá estar sujeita a condições e as crianças soldados acusadas de crimes devem ser consideradas "em primeiro lugar como vítimas e violação do direito internacional e não apenas como presumíveis culpados". Se a violência e o flagelo maior da nossa época, quando crianças inocentes são forçadas a participar como agentes desse flagelo, a coisa torna-se ainda mais revoltante. Uma criança-soldado não é só aquela que vai combater. É também usada como mensageira, espia e escrava sexual dos grupos armados. A pobreza, a propaganda e os interesses ideológicos continuam a provocar o envolvimento de crianças em vários conflitos. A maioria das crianças-soldado é raptada de suas casas. Vivem em meios pobres e marcados pelo analfabetismo, sendo, muitas vezes, de zonas rurais. Aquelas que se voluntariam são guiadas pelo desejo de se libertarem da pobreza e fazerem parte de um grupo político e ideológico. Aquelas que sobrevivem aos conflitos ficam física e psicologicamente afetadas e necessitam de apoio psicológico para posteriormente se reintegrarem na sociedade.

Crianças soldado: a infância assassinada


No último dia 12 de fevereiro, o mundo celebrou uma data de tristes características: o dia das crianças soldado. Estima-se que existam 300 mil crianças envolvidas em conflitos armados em mais de 30 países ao redor do mundo. De acordo com o Unicef, a maioria é de adolescentes, mas existem crianças de até sete anos nessa situação. O recrutamento de crianças em guerras se dá geralmente para as linhas de batalha, mas elas são usadas também como espiões, mensageiros, escudos humanos, trabalhadores ou escravos sexuais. Afeganistão, Birmânia, Burundi, Chade, República Centro-Africana, Colômbia, República Democrática do Congo, Filipinas, Nepal, Somália, Sudão, Sri Lanka e Uganda são os. países onde mais casos se verificam de crianças recrutadas para atuar em guerras e portar armas. Em 2007, dez destes países assinaram os Compromissos de Paris, onde os países prometem combater a "impunidade" de autores de recrutamento ou utilização ilegal de menores e "investigar e perseguir" essas pessoas, opondo-se à anistia destes crimes nos acordos de paz. A libertação das crianças não deverá estar sujeita a condições e as crianças soldados acusadas de crimes devem ser consideradas "em primeiro lugar como vítimas e violação do direito internacional e não apenas como presumíveis culpados". Se a violência e o flagelo maior da nossa época, quando crianças inocentes são forçadas a participar como agentes desse flagelo, a coisa torna-se ainda mais revoltante. Uma criança-soldado não é só aquela que vai combater. É também usada como mensageira, espia e escrava sexual dos grupos armados. A pobreza, a propaganda e os interesses ideológicos continuam a provocar o envolvimento de crianças em vários conflitos. A maioria das crianças-soldado é raptada de suas casas. Vivem em meios pobres e marcados pelo analfabetismo, sendo, muitas vezes, de zonas rurais. Aquelas que se voluntariam são guiadas pelo desejo de se libertarem da pobreza e fazerem parte de um grupo político e ideológico. Aquelas que sobrevivem aos conflitos ficam física e psicologicamente afetadas e necessitam de apoio psicológico para posteriormente se reintegrarem na sociedade.



Mães denunciam suposta rede de pedofilia no interior de SP


A Justiça e a Polícia Civil de Catanduva, a 385 km de São Paulo, investigam, após denúncias das mães das vítimas, a existência de uma suposta rede de pedofilia composta por moradores de classe média alta da cidade, que teriam abusado de dezenas de crianças moradoras dos bairros Cidade Jardim e Vila Alpino. Entre as vítimas estariam as mesmas crianças que teriam sido abusadas por um borracheiro de 46 anos preso no dia 15 de janeiro. José Barra Nova de Melo aliciaria as crianças na porta da escola, em troca de doces, dinheiro, pipas e aluguel de um videogame. Melo responde a acusações de atentado violento ao pudor e divulgação de imagens pornográficas de 11 crianças. Seu sobrinho William Melo de Souza, 19 anos, também foi preso, acusado de atentado violento ao pudor contra outra criança. Contudo, o inquérito, que se transformou em processo na 1ª Vara Criminal, deve voltar nesta terça-feira para nova apuração da Polícia Civil. Até então, apenas os dois eram suspeitos pelos crimes, mas na semana passada mães de crianças supostamente abusadas disseram que os filhos também seriam alvo de outros pedófilos, possivelmente de classe média alta da cidade.

Os relatos das crianças indicam que elas eram levadas da porta da escola em uma caminhonete de luxo preta e ficavam em casas com piscina e banheiras de hidromassagem para serem fotografadas, filmadas e molestadas. O diretor do cartório, Jorge Moraes, confirmou a abertura do procedimento para investigar as novas denúncias. Segundo ele, não está descartada que entre as vítimas da rede estejam crianças supostamente abusadas pelo borracheiro. De acordo com a delegada, em dois casos de atentado violento ao pudor, supostamente cometidos pelo borracheiro, as crianças tiveram de passar por tratamento médico. "Um menino sofreu lesões e uma menina de 6 anos teve doença venérea, o que foi comprovado por exames de corpo de delito", afirmou uma mãe que não quis ser identificada. Segundo ela, outras vítimas passam por tratamento psicológico para se recuperar dos traumas. Uma delas teria se escondido numa árvore com medo de ser assassinada por William Melo de Souza. Apesar da atuação das autoridades, pais dos bairros Cidade Jardim e Vila Alpino afirmaram estar revoltados. Segundo eles, o número de vítimas é muito maior e as autoridades não estariam dispostas a incluir pessoas de posse e conhecidas da sociedade como réus no caso.

Fonte: Terra

Adolescente é assassinada a tiros de rifle

A estudante Laise Correia da Silva, 17, que residia no assentamento Suçuarana na zona rural de Jaramataia, no alto Sertão distante de Maceió 164 quilômetros, foi executada a tiros de rifle calibre 22. O crime ocorreu na tarde desta segunda-feira, 16. O acusado do crime que revoltou a comunidade, é José Luiz da Silva, Farias, 20, que está foragido e desde o momento que cometeu o crime. De acordo com a Policia o crime teria motivação passional em razão da jovem não aceitar continuar com o relacionamento amoroso. A jovem teve morte instantânea, policiais lotados na Delegacia Municipal de Policia estiveram no local fizeram os primeiros levantamentos e providenciaram a remoção do cadáver da adolescente para o Instituto Médico Legal de Arapiraca, onde foi submetido a necropsia e liberado para sepultamento. A Policia está realizando buscas no objetivo de prender o criminoso.

Fonte: Alagoas em Tempo Real

Pernambuco: 42 mulheres assassinadas em 2009


1 - 04/01/2009 - Maria Leonice Vieira Homicidio Arma de fogo Caruaru.
2 - 05/01/2009 - Desconhecida Homicidio arma de fogo Altinho. Descrição: Ossada foi encontrada com um tiro na cabeça e queimada. Ao lado do corpo, várias roupas de mulher.
3 - 05/01/2009 - Desconhecida (apenas Mery) 42 anos homicidio pauladas Cabo de Santo Agostinho. Descrição: Morta pelo marido, que foi preso.
4 - 05/01/2009 - Fernanda Tenório Carneiro, 50 anos. Homicidio, arma de fogo, Itaiba.
5 - 06/01/2009 - Desconhecida - arma de fogo, Cabo de Santo Agostinho. Descrição: Duplo homicídio. Morta dentro de casa com o esposo.
6- 06/01/2009 - Jucilene dos Santos Justino, 20 anos. Homicidio, Olinda Descrição: A mulher estava com uma viga de ferro cravada na cabeça e uma perfuração no pescoço. Informações dão conta de que o ex-companheiro da vítima, identificado como Adriano, foi o autor do crime.
7 - 07/01/2009 - Severina Josefa da Hora, 82 anos, homicidio, arma de fogo. Jaboatão dos Guararapes. Descrição: Tentando fugir de assassinos, um homem entrou na casa da idosa para tentar se esconder. Ela morreu sem conhecer o rapaz e os assassinos.
8 - 11/01/2009 - Vanessa Carla Maria da Silva, 29 anos, homicidio, arma de fogo, Recife. Descrição: Morta na frente de casa por desconhecido.
9 - 14/01/2009 - Desconhecida, 20 anos, duplo homicidio, arma de fogo, Recife. Descrição: Morta junto com outro rapaz após tentarem assaltar um PM.
10 - 16/01/2009 - Maria do Socorro Silva, 51 anos, domestica, homicidio arma de fogo, Recife. Descrição: Maria do Socorro Silva estava em casa com três netas, todas crianças, no momento do crime. A mais velha tinha oito anos. Conforme a polícia, a vítima sofreu dois disparos, um deles na cabeça. A motivação e a autoria do crime inda são desconhecidas, mas as informações dão conta de que a vítima tinha envolvimento com drogas.
11 - 17/01/2009 - Havana Vieira da Silva, 15 anos, homicidio, arma de fogo, Recife. Descrição: A vítima estava desaparecida há três dias. O corpo foi encontrado em estado de decomposição.
12 - 16/01/2009 - Nanci Francisca de Santana, 29 anos, homicidio a pedradas, Recife.
13 - 19/01/2009 - Rosemeg Ribeiro de Sales, 20 anos, homicidio arma de fogo, Recife. Descrição: Crime ligado ao tráfico de drogas. Teve a casa invadida e foi morta na frente da companheira.
14 - 19/01/2009 - Aurineide Maria de Souza, 36 anos, enforcamento, Petrolina. Descrição: Encontrada sem roupa e com sinais de que havia sido estuprada.
15 - 20/01/2009 - Jéssica Patrícia Bezerra de Oliveira, 17 anos, pedradas, Toritama. Descrição: Encontrada com a cabeça afundada, ferimento provocado por pedradas. Polícia suspeita do envolvimento da vítima com drogas.
16 - 23/01/2009 - Priscila de Luna Alves, 20 anos, arma de fogo, Recife, Descrição: Os pertences de Priscila Alves não foram levados, o que caracteriza execução. A polícia ainda não tem suspeita da autoria do crime e investiga o que pode ter motivado o assassinato.Ela chegou a ser levada ao Hospital Getúlio Vargas, onde faleceu.
17 - 24/01/2009 - Daniele Júlia da Conceição Nascimento, 23 anos, arma de fogo, Jaboatão dos Guararapes. Descrição: Assassinada com oito tiros na residência dela.
18 - 25/01/2009 - Jane Correia da Silva, 36 anos, instrumento cortante, Jaboatão dos Guararape. Descrição: Morta a golpes de gargalo de garrafa.
19 – 25/01/2009 - Maria Eduarda Monteiro, 4 anos, espancamento, Jaboatão dos Guararape. Descrição: Espancada e morta pelo padastro, que está foragido.
20 - 25/01/2009 - Dione Dias de Lima, 16 anos, arma de fogo, Itaiba.
21 - 25/01/2009 - Telma Cunha da Silva, 35 anos, arma de fogo, Moreno.
22 - 25/01/2009 - Adelina Josefa da Conceição, 65 anos, arma branca, Carnaubeira.
23 - 26/01/2009 - Ivanice Galdino Andrade, 23 anos, arma de fogo, Olinda.
24 - 26/01/2009 - Catarina Helena de Oliveira Costa, 19 anos, pedradas, Paulista.
25 -26/01/2009 - Simone Alves da Silva, 34 anos, duplo homicidio, arma branca, Paulista.
26 - 27/01/2009 - Alcidézia Maria de Oliveira, 35 anos, arma de fogo, São Lourenço da Mata.
27 - 28/01/2009 - Cíntia Lourenço da Silva, 23 anos, arma de fogo, Jaboatão dos Guararapes. Descrição: Morta dentro de casa, na frente dos filhos. Não se sabe o motivo do crime.
28 - 29/01/2009 - Verinalva Gomes da Silva, 32 anos, aram de fogo, Vitória de Santo Antão.
29 - 31/01/2009 - Edjane Maria da Silva, 24 anos, arma de fogo, Palmares. Descrição: O ex-marido dela, Amaro José da Silva, 19 anos, se entregou à polícia e confessou o assassinato.
30 - 30/01/2009 - Clécia Maria de Souza, 18 anos, arma de fogo, Ibimirim. Descrição: A vítima estava com amigos numa festa de aniversário quando dois homens numa moto se aproximaram e efetuaram os disparos.
31 – 01/02/2009 - Naiara da Silva Delmonde, 6 anos, duplo homicidio, arma de fogo, Trindade. Descrição: Morta pelo próprio pai, Damião Nildo Silva Delmonde, que foi preso. Segundo a polícia, após discussão, Damião matou José Luiz da Silva, 47 anos. Depois do crime, a família de Damião tentou tirar a arma dele. Na confusão, Naiara foi baleada e morreu. O pai também saiu ferido e foi preso
32 – I6/02/2009 - dentidade desconhecida, Pedradas, Recife. Descrição: Mulher encontrada morta e com sinais de violência sexual em um terreno baldio.
33 - 06/02/2009 - Ana Cláudia de Mendonça, 23 anos, arma de fogo, Recife. Descrição: Abordada por dois homens que a mataram com três tiros, roubaram uma moto e fugiram.
34 – 07/02/2009 - Maria José de Araujo, 87 anos, aposentada, arma de fogo, Recife. Descriçao: atingida durante tiroteio entre traficantes na Favela do Joaneiro.
35 – 07/02/2009 - Maria Auxiliadora Sampaio, 50 anos, arma de fogo, Jiquià, Recife. Descrição: Morta a tiros.
36 - 07/02/2009 - Edmara Lima dos Santos, 19 anos, arma branca, Araripina,
37 - 07/02/2009 - Edileuza Caetano da Silva, 53 anos, dona de casa, arma de fogo, Recife. Descrição: Assassinada com golpes de facão pelo marido, Valter Pereira da Silva, 41, que tentou se matar, em seguida.
38 - 07/02/2009 - Selma Pacheco da Silva, 42 anos, arma de fogo, recife. Descrição: Morta a tiros.
39 - 09/02/2009 - Maria de Fátima Batista de Lima, 44 anos, pedradas, Itamaracá. Descrição: Morta em um bar. A polícia suspeita que a motivação do crime seja a venda de um terreno de propriedade da vítima.
40 - 09/02/2009 - Rivaneide Epifânio de Melo, 33 anos, arma branca, Recife. Descrição: O delegado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Humberto Ramos, afirmou que a hipótese mais provável é que Rivaneide tenha sido atraída para o local - em frente a um sítio onde existe uma casa abandonada -, mas tenha resistido à investida sexual do seu agressor.
41 - 09/02/2009 - Magdala Gomes, 17 anos, arma branca, Caruaru. Descrição: Encontrada com as mãos amarradas para trás e com uma facada no pescoço.
42 - 12/02/2009 - Helena Manoel da Silva, 52 anos, arma de fogo, Jurema.

Fonte: JC Online, Folha de Pernambuco, Diario de Pernambuco, PE Body Count

Garota de 17 anos é assassinada com tiro no coração


A dona de casa, Márcia Gomes Batista, de 17 anos, moradora da rua Paulo Rodrigues, nº 640, no bairro da Chave, foi assassinada na tarde desta segunda-feira, em Itupeva.Segundo informações, eram cerca de 15h40 quando o irmão da vítima ouviu um disparo de arma de fogo e correu para ver do que se tratava. Ao chegar na cozinha de sua residência viu sua irmã, Márcia, caída entre uma cama e a geladeira.Apesar de outras pessoas estarem no local, nenhuma informação foi passada à polícia. Peritos da polícia científica de Jundiaí foram acionados e procederam todos os exames periciais de praxe, sendo a ocorrência elaborada e apresentada pelos soldados Douglas e Vagner, do 4º Pelotão de Polícia de Itupeva. Márcia ainda chegou a ser socorrida pelos atendentes Eder e Paulo Ribeiro, porém, ao dar entrada ao hospital Nossa Senhora Aparecida, foi constatado seu óbito, pela equipe médica de plantão.

Fonte: Jornal de Itupeva

Adolescente de 15 anos foi violentada e morta por dois garotos


Uma adolescente de 15 anos foi violentada e morta por dois garotos - de 17 e 18 anos - na madrugada de anteontem em Coronel Macedo (200 quilômetros de Bauru). Após matarem a adolescente, os garotos enterraram o corpo nos fundos de uma casa na cidade, onde mora a avó de um deles.O crime ocorreu durante uma festa na casa do lavrador de 17 anos. Segundo informações do boletim de ocorrência da polícia, testemunhas disseram terem visto a vítima na festa. A jovem foi violentada e ferida na cabeça com um golpe de um objeto ainda não tinha sido identificado. Os garotos também teriam asfixiado a vítima com um pano banhado de álcool.Após matá-la, os dois levaram o corpo até a casa da avó do lavrador -localizada em frente ao local da festa. O corpo da vítima foi enterrado em um terreno nos fundos da casa.Os garotos foram localizados e detidos. Eles teriam confessado o crime e levado a polícia até o local onde o corpo estava enterrado. A Secretaria de Segurança Pública informou que o adolescente deve ser encaminhado à Fundação Casa (antiga Febem), enquanto o garoto de 18 anos está preso em um presídio.

Fonte: Jornal da cidade de Bauru

Ceará: três mulheres assassinadas em 24 horas


Três mulheres foram mortas, no último fim de semana, no Interior do Estado. De acordo com a Polícia, os motivos dos três crimes foram ciúmes. A primeira morte ocorreu na noite de sexta-feira (13) quando a Juliana da Cunha, 27, foi morta por Maria do Socorro dos Santos, 34. Outra vítima foi Francisca Carlóbia de Sousa Lima, 26. Segundo a Polícia, ela estava no salão de beleza, em Iracema (distante 280 Km da Capital) , quando o ex-companheiro, identificado como Jarbas Bezerra de Moura deu vários golpes na ex-mulher. O acusado fugiu e até ontem não havia sido localizado pela Polícia. Algumas horas depois, em Tejuçuoca (a 142 Km de Fortaleza), a agricultora Maria do Carmo da Silva, 63, foi assassinada pelo esposo, conhecido como ‘Cipozão’. O acusado fugiu após o crime e até o fechamento desta edição não tinha sido localizado.

Fonte: Diario do Nordeste

Pedofilia: garota é abusada pelo tio, pai e padrasto


A promotora da Infância e da Juventude, Soraya Escorel, disse que o “silêncio e a falta de coragem são os aspectos mais graves da pedofilia” e que os casos mais graves já denunciados ao Ministério Público, ocorrem dentro da própria família da vítima. Ela revelou que uma adolescente foi abusada sexualmente pelo pai, pelo tio e pelo padrasto. “Existem casos envolvendo pais, padrastos, tios e até avós”, disse Soraya. Segundo ela, houve um caso recente no interior do estado, onde uma menina foi abusada sexualmente em família acabou grávida. “A adolescente não sabia informar se estava grávida do pai, do padrasto ou de um tio”, revelou Soraya. Segundo a promotora, o silêncio da família favorecia os acusados. “Foi preciso uma denúncia anônima para que o caso fosse revelado”. Os acusados estão sendo processados pelo Ministério Público. Soraya Escorel disse que existem vários pontos de prostituição em João Pessoas que estão sendo investigados, mas que os casos mais graves de abuso sexual contra crianças ocorre em família.

Fonte: Paraiba.com.br

Triplica a incidência de Aids em mulheres acima dos 50

Apesar de a maioria das mulheres brasileiras acima dos 50 anos ter uma vida sexual ativa, 72% delas não usam preservativo nem durante as relações eventuais. Uma das consequências é que a incidência de casos de Aids nesta faixa etária triplicou entre 1996 e 2006, segundo pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde e divulgada ontem. Por este motivo, elas foram escolhidas como alvo da campanha de prevenção à doença promovida pelo ministério, cujo slogan será "Sexo não tem idade, proteção também não". De acordo com dados divulgados ontem, a incidência de Aids entre mulheres com idade de 50 a 64 anos passou de 3,7 casos por 100 mil, em 1996, para 11,6 por 100 mil em 2006. No total, 47.431 brasileiros com mais de 50 anos têm Aids, dos quais 15.962 são mulheres. Somando todas as faixas etárias, o País registrou até junho do ano passado 506 mil casos da doença."O problema é mais do padrão cultural e do machismo que prevalece na sociedade. As relações não são horizontais. É o homem que normalmente estabelece o padrão da relação. É ele quem decide se vai ou não usar camisinha", disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, que participou ontem do lançamento da campanha no Rio. A ministra da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, chamou a atenção para que a falta de preservativo não se deve à falta de informação. "É uma geração pré-Aids, que não encara o uso do PRESERVATIVO como fator de proteção", completou. Marta McBritton, presidente do Instituto Cultural Barong, ONG que trabalha com a promoção do uso de preservativos, destaca a necessidade de se ter preservativos à venda em locais frequentados pelas mulheres, como salões de cabeleireiros e academias de ginástica, onde elas poderiam se sentir mais à vontade para adquiri-los. "Muitas não querem comprar em supermercados e farmácias."

Fonte: AgenciaAIDS

Filme polémico sobre sexualidade feminina conquista Urso de Ouro

"La Teta Asustada", uma filme polémico de uma cineasta sem grandes provas dadas e que não estava na bolsa das apostas, retrata o trauma das mulheres violadas durante a ditadura no Peru. Destaque também para o actor Sotigui Kouyaté, do Mali, que recebeu o prémio de melhor intérprete pelo desempenho no filme “London River”, do franco-argelino Rachid Bouchareb. Entre a actrizes, a austríaca Birgit Minichmayr recebeu o prémio de melhor interpretação, pelo papel desempenhado no fime alemão "Todos os outros", de Maren Ade. O Urso de Ouro para a melhor direcção foi para o iraniano Iraní Asghar Farhadi, pelo fime “About Elly", enquanto o prémio para melhor primeira produção foi para o "Gigante", do argentino Adrián Biniez. Pelo Festival Internacional de Cinema de Berlim, que começou a 5 de Fevereiro, passaram 390 filmes de 60 países.

Fonte: TSF

Brasileiras perdem o medo de denunciar

Ainda escondida no seio de famílias muitas vezes acima de qualquer suspeita, dentro de boates e prostíbulos, em praias, barcos ou na beira das estradas, e até em imagens disseminadas por meio da internet, a violência sexual contra crianças e adolescentes começa a ganhar visibilidade. Levantamento completo de 2008 referente ao Disque 100, central nacional de registros de abuso e exploração sexual infantil e juvenil, mostrou um aumento de 30% nas denúncias, em relação a 2007. Na comparação com 2006, o crescimento foi de 135%. Elaborado pela Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH), o levantamento mostra que a central registrou 32.588 denúncias em 2008, média de 89 por dia. O recorde revela maior sensibilização da sociedade em relação ao problema e um desafio enorme para retirar as vítimas (83% do sexo feminino) da agressão. "Não é que a violência aumentou. Os números mostram que as pessoas estão denunciando mais", diz Leila Paiva, coordenadora do Programa de Enfrentamento da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, da SEDH. Embora especializado no atendimento à exploração sexual, o Disque 100 faz registro de todos os tipos. As três grandes categorias de violência têm índices próximos.

Entre 2003 e 2008, 35,7% das ligações denunciaram casos de negligência, 33,67% de violência física e psicológica e 31,07% de violência sexual. Nesse último grupo, o abuso sexual é o mais comum, respondendo por 57,89% das denúncias de violação sexual. Programas - Isabela* passou quase cinco de seus 15 anos se prostituindo em Brasília. Cansada de ver o pai bater na mãe, a menina saiu de casa aos 9. "Foi quando comecei a fazer programa", conta, com voz e trejeitos infantis. A vida nas ruas levou Isabela a conhecer o sexo e as drogas. "Com o dinheiro, eu comprava reducola (solvente para limpeza), crack e maconha", lembra ela, retirada da situação de risco por um projeto social há um ano e meio. Isabela ganhava cerca de R$ 40 por programa, que geralmente ocorria dentro dos carros dos clientes. Envergonhada da própria história, a menina quer estudar, mas não voltar para casa. "Prefiro ficar aqui (no abrigo do projeto)", diz. A pedofilia aparece diluída no levantamento entre as categorias pornografia (quando a denúncia se trata de imagens) e abuso sexual (se a criança chega a ser tocada). Apesar das mudanças na legislação no ano passado, para punir pedófilos de forma mais rigorosa, o promotor Manoel Onofre Neto, vice-presidente da Associação Brasileira de Promotores e Magistrados de Defesa da Infância e da Juventude, defende mais investimentos na apuração dos casos. Além disso, uma rede de atendimento que dê suporte a crianças e adolescentes abusados sexualmente é tão importante quanto a identificação da violação. Mas essa cadeia de proteção - formada por conselhos tutelares, delegacias especializadas, promotorias, psicólogos e assistentes sociais - ainda é frágil no país.

Fonte: Diario de Pernambuco

Bope vai mostrar operações na internet

Vídeos feitos pela tropa de elite da Polícia Militar do Rio durante incursões em favelas do estado passarão a ser exibidos no site do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Rio, o Bope (www.boperj.org/). “O objetivo é tornar o site mais interativo. É mostrar ao cidadão que procura o nosso site, que tem admiração pelo nosso trabalho, o que está acontecendo nas comunidades em que o Bope atua”, explica o comandante, coronel Pinheiro Neto. Ainda segundo o comandante, algumas operações já são gravadas hoje em dia pelos policiais A ideia de levá-las para o universo virtual surgiu a partir de pedidos dos próprios internautas que visitam o endereço dos “caveiras” - símbolo do batalhão - na internet. Os vídeos são feitos por policiais que já atuaram na linha de frente do Bope e hoje têm a missão de documentar as operações. No vídeo feito na Cidade de Deus - os trechos acima - havia policiais com câmeras acompanhando três frentes da operação. Um deles estava no blindado, outro no helicóptero e um terceiro acompanhou os policiais que entraram a pé na comunidade.

Parte das imagens foi feita através de um buraco num bloco de concreto, que serve de abrigo aos criminosos nos confrontos com a polícia. O vídeo mostra ainda a destruição de barreiras erguidas por traficantes nas ruas da comunidade. “Nossa intenção é passar a visão do policial no front”, explica o capitão Ivan Blaz, chefe da Comunicação Social onde esse trabalho é coordenado. “Queremos também dar legitimidade para nossos vídeos. Hoje em dia, 70% dos vídeos atribuídos ao batalhão no (site) YouTube, por exemplo, não são do Bope. Seremos uma fonte para que as pessoas conheçam a nossa realidade”.

Fonte: G1

"Cadeia no Brasil é para preto, pobre e prostituta”

Quando Charles Darwin passou pelo Brasil, no navio beagle, rumo às ilhas Galapagos, no Pacífico, em 1832, ele ficou uns quatro meses no Rio de Janeiro. A impressão dele sobre a Justiça no Brasil foi a seguinte (palavras textuais): ‘Se um crime, não importa quão grave seja, é cometido por um homem rico, ele logo estará em liberdade’. Assim, revendo a história, parece haver um anátema no Brasil, no que se refere à aplicação da lei penal aos poderosos ou aos mais aquinhoados. Eles dificilmente vão para a cadeia. Com a recente decisão do Supremo Tribunal Federal, prefiro acompanhar o entendimento dos respeitáveis votos vencidos. Confirma-se, mais uma vez, que a prisão no Brasil foi feita para os três ‘p’: ‘preto, pobre e protistuta’. Os argumentos jurídicos dos ilustres ministros que defendem a execução da pena só depois do trânsito em julgado, apesar de juridicamente relevantes e bem fundamentados, estão longe da realidade do País, no que se refere ao andamento da ação penal e à utilização de todos os recursos e HCs, como mencionado. Cria-se, portanto, um espaço entre os que podem pagar bons advogados – e estes eternizaram as ações – e aqueles, os três ‘p’, que não podem, e, por isso, ficam com a assistência judiciária gratuita – defensores públicos, quando os há na Comarca, que também estão abarrotados de processos, seja por falta de estrutura e número, não podendo, nunca – e isso é óbvio – acompanhar uma ação penal, em todas as instâncias, como os advogados regiamente pagos fazem. Não me cabe aqui discutir o mérito da decisão do STF, no ponto, mas entendo que atendido o duplo grau de jurisdição (também princípio constitucional) poder-se-ia, como era antes, dar início à execução penal, em homenagem à segurança jurídica, à celeridade processual (também princípios constitucionais), numa interpretação sistêmica da Carta Maior. Em vários países o Princípio da Presunção da Inocência também está nas suas Constituições e nem assim se espera a palavra final da Corte Constitucional para só após dar início a uma condenação. Creio que a decisão do STF é importante, por definir o entendimento sobre uma questão jurídica relevante, de há muito discutida e questionada, mas creio também que, no futuro, será restabelecida a interpretação que permitia a execução da pena após a confirmação da sentença pelo Tribunal Estadual ou Regional. Os erros nas decisões destes tribunais, para evitar a execução, poderão ser corrigidos mediante HCs ou medidas cautelares para dar efeito suspensivo, como vem sendo feito até hoje. Ou, então, por pressão popular, principalmente das vítimas e seus familiares, por pressão dos movimentos sociais ou ONGs, que combatem a impunidade, o Congresso Nacional será sensível para reformular a redação do inc. LVII, art. 5º da Constituição Federal. Afinal, nenhum culpado, para ser reconhecido culpado, pode depender da palavra final da Corte Suprema Constitucional de um país. Tal situação, na prática, é um estímulo à prescrição, por óbvio. Como diz a Ministra Ellen Gracie, “em nenhum país do mundo, depois de observado o duplo grau de jurisdição, a execução de uma condenação fica suspensa, aguardando referendo da Corte Suprema”.

Autor: Subprocurador-geral da República Wagner Gonçalves
Fonte: Contas Abertas

Homem mata ex-mulher e foge com o filho

Assassinada no início da manhã de hoje (14), uma mulher identificada como Francilene Nascimento Viana, 26 anos. A vítima teria sido assassinada pelo ex-marido identificado como Miguel que é motorista da empresa Cleimatur. Segundo informações da rádio Mirante AM, Francilene Viana morreu após dar entrada no hospital Socorrão II na Cidade Operária. O crime ocorreu na Vila Epitácio Cafeteira no São Cristóvão e teria sido motivado pela separação do casal ocorrida quatro meses. Os dois estavam brigando pela guarda do filho de um ano e oito meses de idade. Uma amiga da vítima, identificada como Silvia, informou que o casal teria discutido na noite de ontem na porta de casa, ocasião em que Miguel teria espancado a ex e fugido. Hoje pela manhã, ele teria voltado ao local e seguido Francilene quando a mesma se deslocava para o trabalho. Ao se aproximar da ex-mulher, Miguel teria então desferido uma facada na vítima e fugido com a criança. Francilene Viana foi socorrida por populares. O suspeito ainda não foi localizado pela polícia. Ele estaria usando a farda da empresa em que trabalha.

Fonte: Imirante e Rádio Mirante AM

Juiz Antonio Noleto solta acusado de um dos crimes mais brutais do Piauí


Hoje, sexta-feira 13, o ex-mototaxista Luís Carlos dos Santos, acusado de um dos crimes mais brutais da história do Piauí, foi solto após decisão da 1ª Vara Criminal, assinada pelo Juiz Antonio Noleto. Ele foi preso pelo crime de ter estuprado e matado, de maneira brutal, a própria enteada, Alissandra Marques, de apenas 10 anos de idade, dentro da sua casa na zona norte de Teresina. O corpo da menina foi encontrado enrolado em um lençol no quarto. O crime ocorreu no dia 21 de janeiro de 2008, isto é, completou um ano recentemente. Marcas de roupas sujas pertencentes a Luís Carlos foram encontradas no mesmo quarto. Ele fugiu. A mãe entrou em desespero quando viu a casa ensaguentada. Luís Carlos foi encontrado logo depois do crime, escondido em um prostíbulo da vizinha cidade de Timon (MA). Ainda sujo de sangue, ele foi preso e levado para a delegacia. Uma multidão foi para porta tentar linchá-lo para fazer justiça com as próprias mãos. Ele responde por estes e outros crimes. Inicialmente alguns veículos de comunicação informaram que ele foi solto no Mutirão Carcerário, apelidado pelo secretário de Segurança Robert Rios de 'Mutirão da Soltura de Presos'. Mas a assessoria de imprensa não confirma a informação. Ele foi solto pela 1ª Vara, do Juiz Antonio Noleto.

Fonte: 180graus

CPI pronta para novo round contra pedofilia

Este ano promete ser tão produtivo e polêmico para a CPI da Pedofilia quanto 2008. Diversas frentes de trabalho estão abertas e em andamento, como a investigação das denúncias de redes de pedófilos nos estados, a elaboração de novas leis para reprimir a ação dos criminosos e a análise do material colhido nos sites suspeitos de conteúdo ilegal. A CPI define o seu esquema de trabalho para 2009 após o carnaval. O prazo de funcionamento, que foi prorrogado por 180 dias, pode se estender até outubro e os integrantes vão determinar as linhas e estratégias de investigação, que, em 2008, já permitiram, por exemplo, a quebra do sigilo de mais de 18 mil álbuns de fotos do Orkut, suspeitos de conterem material pedófilo. Magno Malta e o relator da CPI, senador Demostenes Torres, irão convocar as prestadoras de telecomunicações e acesso à internet que não aderiram voluntariamente, em 17 de dezembro, ao termo de cooperação com o Ministério Público, a Polícia Federal e outras entidades, para agilizar o fornecimento de dados sobre internautas investigados por pedofilia. Entre elas estão Vivo, Claro, Telefônica e Embratel, enquanto Tim, Oi/Telemar e Brasil Telecom firmaram o compromisso. Causou mal-estar na CPI a atitude das empresas ausentes, que informaram à imprensa apoiar o documento, mas não compareceram para assiná-lo. Por isso, Magno Malta quer saber se a disposição é para valer, ou só jogo de cena. Dois outros projetos da CPI já foram aprovados pelo Senado: o PLS 250/08, que amplia o rigor contra o abuso sexual de crianças (convertido em lei); e o PLS 126/08, que trata da prisão preventiva para fins de extradição, que está na Câmara. Um terceiro, o PLS 275/08, está no Plenário e permite o confisco de imóveis usados para a prostituição infantil.

Fonte: Senado Federal

Homem mata esposa em Três Lagoas

Na cidade de Três Lagoas uma mulher foi morta pelo marido durante a madrugada. Conforme a polícia, vizinhos ouviram gritos na residência do casal e logo em seguida dois tiros. Maria Lúcia dos Santos morreu na hora e logo em seguida Adenilson Matos de Moraes, de 35 anos, também deu um tiro em si mesmo. O Corpo de Bombeiros e encaminhado para a UTI do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, onde está internado em estado grave.Ainda segundo a Polícia Militar que atendeu a ocorrência, na residência a polícia apreendeu o revólver calibre 32 com cinco munições usadas e uma intacta, além de um envelope com 7 munições, uma espingarda e quarto cartuchos. Na hora do homicídio a filha do casal estava na casa dormindo.

Fonte: UltimaHora

Pernambuco lança campanha contra prostituição infantil


Uma campanha contra a prostituição infantil será lançada nesta quarta-feira (11) em Pernambuco. O objetivo é tentar acabar com o problema, que acontece em várias cidades do estado, principalmente no Recife. O primeiro passo da campanha é incentivar a colocação de cartazes de combate à exploração de crianças e adolescentes em pontos de grande circulação da capital pernambucana.

Segundo a procuradora do Trabalho do Ministério do Trabalho (MPT) de Pernambuco, Débora Tito, o foco da ação é enxergar, além do aspecto criminal, o aspecto trabalhista do problema. “As pessoas não perceberam ainda que a prostituição também é uma forma de trabalho reconhecida pela legislação brasileira, apesar da moralidade que existe em torno do tema”, afirma. “Só que, por ser uma das piores formas de trabalho, é proibida a menores de 18 anos. A eles tem que ser dadas alternativas”. De acordo com ela, a lei também obriga os estabelecimentos com grande circulação de pessoas e que lidem com estética a exibir o material de divulgação de campanhas de combate à prostituição. “Esse tipo de ação ajuda a inibir o turismo sexual e o tráfico de menores para outros países”, disse. Para Débora Tito, a participação do MPT na campanha deve proporcionar resultados positivos porque vai fazer com que o problema mexa no bolso dos envolvidos. “A impunidade no aspecto criminal faz com que muitas pessoas continuem explorando, mas o aspecto patrimonial, ou seja, o pagamento de uma indenização garante uma resposta rápida”, diz.

Fonte: G1

Tráfico humano é negligenciado, diz ONU

Um relatório elaborado pelo Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (UNODC) revela que a negligência policial e a recusa de alguns governos em reconhecer a gravidade da questão tornam o combate ao tráfico humano uma tarefa cada vez mais difícil. Para ilustrar o problema, a ONU fez uma comparação com o combate ao narcotráfico e constatou que a maioria dos países prioriza essa atividade, enquanto a luta contra o tráfico humano é negligenciada. Isso torna o problema cada vez mais grave em todo o mundo. O estudo da ONU, baseado em dados fornecidos por 155 países, é considerado o primeiro relatório global sobre o tráfico humano e as medidas tomadas até agora para combatê-lo. Segundo o UNODC, as polícias em todo o mundo interceptam entre 10% e 20% da droga traficada ao redor do planeta - esse total chega a 46% no caso da cocaína proveniente da América Latina. Por outro lado, o relatório revela que, em 2006, foram resgatadas apenas 21.400 vítimas de tráfico humano, o que não chega a 1% das 2,5 milhões de pessoas vítimas desse crime. "A opinião pública está acordando para a realidade da escravidão moderna, mas muitos governos ainda a negam. Há negligência até mesmo quando se trata de relatar ou mover processos contra casos de tráfico", disse Antonio Maria Costa, diretor-executivo da agência. "Tememos que o problema esteja piorando, mas não podemos provar isso por falta de dados, que muitos governos estão obstruindo." Mulheres e crianças são as principais vítimas dos traficantes de pessoas, indica o relatório, sendo que as primeiras são a maioria do total de escravos modernos. Cerca de 79% dos casos de tráfico humano envolvem a escravidão sexual e 18% abrangem trabalho forçado, casamentos à revelia e remoção de órgãos.

Fonte: Veja

Lançamento na Italia: o primeiro manual de autodefesa para as mulheres



Tania Rocha publica o seu segundo livro na Italia em lançamento nacional:

"CENERENTOLA SI RIBELLA"

"Cinderela se rebela - Manual de auto defesa"

O livro contém 10 regras para que a mulher viva com dignidade no novo milênio. Aborda as tradições culturais, religiosas, sociais e a moral vigente nas mais diversas culturas. Um livro com um conteúdo dinâmico e direto, resultado de 13 anos de pesquisa sobre a condição da mulher no mundo. Este livro, foi considerado pelas jornalistas o primeiro manual feminista no mundo.

Tania Rocha

Tráfico de seres humanos: brasileiras vendidas em Portugal


O tráfico de seres humanos soma "vários casos criminais" no País, "com muitas cifras negras", disse, ontem, a directora do Instituto Superior de Polícia Judiciária e Ciências Criminais."Este negócio obscuro tem normalmente fraca participação dos autores e das vítimas, porque estas estão coagidas, têm dificuldades de contacto devido à língua, não conseguem sair do sistema e receiam retaliações pessoais e familiares", disse Carla Falua à Lusa, a propósito do primeiro congresso sobre a temática, que se realiza, hoje e amanhã, em Loures. Tráfico de seres humanos é negócio de muitos milhões. O tráfico de seres humanos, com um impacto económico comparável ao tráfico de armas e de droga, será debatido no encontro, que tem como objectivo dar maior visibilidade a este tipo de criminalidade e discutir uma melhor colaboração a nível nacional e internacional.Segundo a directora do ISPJCC, organizadora do congresso a par da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Portugal não está fora deste fenómeno criminal. O tráfico de seres humanos permanece, no contexto português, como um fenómeno oculto, cujas dinâmicas e elementos identificadores não têm sido objecto de uma análise profunda nas suas diversas vertentes, referiu. A responsável reconheceu, no entanto, que o tráfico de seres humanos tem registado "vários casos criminais" em Portugal, "com muitas cifras negras". Esta criminalidade abrange problemas como migração, crime organizado, exploração sexual e laboral, questões de género e direitos humanos, entre outros. Porém, apesar de ser um fenómeno abrangente, existem grupos que apresentam maior vulnerabilidade a tornarem-se vítimas de tráfico. Grupo mais afectado é o das mulheres. Segundo Carla Falua, o grupo mais afectado são "as mulheres brasileiras e do leste", que são obrigadas a prostituírem-se. "Por regra, são mulheres provenientes do Brasil e dos países de Leste, que acabam na prostituição. Na vertente masculina, o tráfico faz-se pela exploração laboral", acrescentou. Entre os vários assuntos que constam do programa do congresso, é dado destaque à apresentação do Plano Nacional contra o Tráfico de Seres Humanos, a cargo do relator Manuel Albano.

Fonte: Agência Lusa

Rihanna agredida cancela show


A cantora norte-americana Rihanna, de 20 anos, acaba de cancelar o concerto agendado para esta noite em Jacarta, capital da Indonésia, na sequência da agressão de que foi vítima por parte do seu namorado, o também cantor Chris Brown. Brown, de 19 anos, foi preso no domingo, pouco depois de ter abandonado, juntamente com Rihanna, a festa da 51ª edição dos Prémios Grammy, que decorria no Staples Center de Los Angeles. Durante a viagem de regresso a casa, rebentou a discussão: Rihanna queixava-se de que Chris se tinha estado a ‘atirar’ às mulheres e saiu do carro. Chris Brown perseguiu-a e agrediu-a com violência na cabeça – para além de hematomas, a cantora exibia também marcas de dentes quando foi examinada pela polícia. Depois da agressão, o cantor fugiu de carro, mas foi-se entregar à polícia pouco depois.

Fonte: Correio da Manha

Ceará teve 465 denúncias contra turismo sexual em 2008

“Somente 3% a 4% das denúncias de crimes de exploração sexual chegam à Justiça”. Por meio dessa estatística, revelada pela consultora Inês Dias, da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste, o Seminário de Sensibilização para o Turismo Sustentável e Infância, realizado ontem (11/02) em Fortaleza, alertou para o papel de toda a sociedade no combate à exploração sexual. Afinal, como criticou a palestrante, que também presta consultoria ao Ministério do Turismo, “se um elemento da denúncia falhar, o delito continuará a existir. O processo é muito lento e a responsabilidade é de todos nós”. Por conta disso, durante o evento, promovido no Marina Park Hotel pela Secretaria de Turismo de Fortaleza (Setfor), com apoio do Ministério do Turismo, frisou-se a necessidade de todas as instâncias agirem como fiscalizadoras. Até porque, segundo esclareceu Inês Dias, o Turismo não é a causa da exploração sexual de crianças e adolescentes em qualquer cidade. Entretanto, a partir da vinda do “falso turista”, que vem em busca de aliciar e abusar de jovens, há a oportunidade. E, sem a indignação do cidadão, a denúncia e o enfrentamento à exploração não são realizados.

Fonte: Direitoce